ALTERAÇÃO NA COMPOSIÇÃO DA AGROPECUÁRIA NO ESTADO DE SÃO PAULO, 1983-93

O objetivo do presente estudo foi mensurar o efeito-escala e o efeito-substituição das principais atividades agrícolas entre 1983-93, no Estado de São Paulo e nas treze Divisões Regionais Agrícolas (DIRAs), que fazem parte da estrutura administrativa da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, em vigência nos dias atuais. Em termos globais verificaram-se maiores ganhos de área para pastagem cultivada, laranja, cana para indústria e soja, e perdas de área, principalmente, para pastagem natural, café e reflorestamento. Em nível regional observou-se que a intensidade de áreas cedidas e incorporadas não foi a mesma em todas as DIRAs, ocorrendo em maiores proporções em Sorocaba, Campinas, Bauru, São José do Rio Preto, Presidente Prudente e Ribeirão Preto, comparativamente a São José dos Campos, Araçatuba e Registro.

Palavras-chave: composição regional da agropecuária, agricultura paulista, efeito-escala, efeito-substituição.

Data de Publicação: 01/05/1995

Autor(es): Ana Maria Montragio Pires de Camargo (anamontragio@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor
Lilian Cristina Anefalos (lcanefal@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor
Denise Viani Caser (dcaser@sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor
Paulo José Coelho (pjcoelho@sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor
Mario Pires De Almeida Olivette (olivette@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor