voltar s






Análise Quantitativa do Risco de Mercado do Boi Gordo, Estado de São Paulo, 2015

RESUMO: O objetivo deste trabalho foi quantificar o risco de mercado de boi gordo do ponto de vista dos produtores do Estado de São Paulo. Estimou-se o risco de preços, produtividade e de receita bruta dos produtores de boi gordo em São Paulo e regiões de Presidente Prudente e Araçatuba. Dados de preços diários recebidos pelos produtores e produtividade do período de 2006 a 2015 foram coletados do Instituto de Economia Agrícola de São Paulo. Utilizou-se de metodologia de análise para quantificar o risco, que é medido pelo desvio padrão, e de simulação de Monte Carlo para estimar a probabilidade de ocorrência de situações adversas nas receitas dos produtores de boi gordo. Os resultados obtidos mostram que o risco de preços para as regiões do Estado de São Paulo se situa em cerca de R$17,00 a arroba do boi gordo e a probabilidade de a receita por hectare ser menor ou igual a R$966,00 é de 50%. Palavras-chave: hedge, risco de preços, risco de receita, métodos quantitativos, análise probabilística.
 

 

enviar Envie este texto por email


Data de Publicação: 30/03/2017
Autor(es): Samira Aoun (samira@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor