Floricultura no Estado de São Paulo

            O Estado de São Paulo é o principal produtor brasileiro de flores e parte expressiva de sua produção é exportada. Neste artigo apresenta-se um perfil dos produtores nesse estado bem como uma descrição de alguns aspectos produtivos. Existem 1.166 unidades de produção agrícola cultivando flores e plantas ornamentais em 3.565ha. As principais espécies são rosa (984ha) e crisântemo (430ha), mas também há branquinha, violeta, antúrio, lírio, cravo, margarida, gladíolo e muitas outras espécies. A maior parte dos floricultores reside na propriedade e são membros de associações ou cooperativas de produtores. A floricultura é uma atividade bem tecnificada, usando estufa, câmara fria, irrigação por aspersão, laboratório e packing-house. Computadores são usados cinco vezes mais que a média estadual, para contabilidade e gerenciamento da produção, bem como para controlar a luminosidade, a temperatura e a umidade das estufas. A maioria dos floricultores é de imigrantes ou seus descendentes, de origem japonesa (mais de 50%), ibérica,  holandesa (com maior nível tecnológico) e italiana.

Data de Publicação: 28/03/2003

Autor(es): Vera Lucia Ferraz dos Santos Francisco Consulte outros textos deste autor
Francisco Alberto Pino (drfapino@gmail.com ) Consulte outros textos deste autor
Ikuyo Kiyuna Consulte outros textos deste autor

 

 

 


Governo do Estado de SP