Conflitos Sociais e Condição da Terra em Itinguçu: um bairro situado na fronteira da Estação Ecológica Juréia-Itatins e Peruíbe (SP)

            Este estudo tem por objetivo capturar a história de um conflito armado ocorrido na década de 70 entre posseiros e jagunços em Itinguçu, assim como analisar fatos locais mais recentes e  efeitos da política pública aplicada em área de preservação ambiental, Estação Ecológica Juréia-Itatins, Estado de São Paulo. A pesquisa baseou-se na reconstrução histórica dos acontecimentos na década de 70, utilizando-se de documentos, jornais, anotações e arquivos de técnicos que trabalhavam na época no local, entrevistas com discurso livre de ex-funcionários do Instituto Florestal, Departamento de Proteção dos Recursos Naturais (DPRN), ex-vereadores, ex-moradores, ex-líder dos moradores e ainda na observação direta da comunidade reunida com autoridades locais. Os resultados qualitativos obtidos possibilitaram a reconstrução histórica dos fatos e o significado da perspectiva de seus protagonistas. Permitiram ainda a constatação de que há um deslocamento das atividades agrícolas para o comércio direcionado ao turismo e que, atualmente, estabelecem-se novos conflitos devido às restrições para o estabelecimento do comércio e a não-solução das questões fundiárias e dominiais.

Data de Publicação: 31/05/2003

Autor(es): Nilce da Penha Migueles Panzutti (panzutti@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor

 

 

 


Governo do Estado de SP