Os 45 anos de política de crédito para a agricultura, em palestra no IEA

          O Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA), da Secretaria e Agricultura e Abastecimento, promove no dia 27 de março palestra do professor Paulo Fernando Cidade de Araújo sobre o trabalho "Política de crédito para a agricultura do Brasil: quarenta e cinco anos à procura do desenvolvimento". O estudo foi elaborado em parceria com os professores José Roberto Mendonça de Barros, Alexandre Lahóz Mendonça de Barros e Ricardo Shirota.
          O estudo analisa a política de crédito agrícola no período 1960-2005. Trata-se, segundo os autores, de análise de longo prazo que focaliza um tema relevante da agricultura e do desenvolvimento econômico num contexto global. Na primeira parte, aborda a evolução e os resultados da política de crédito rural e do produto da agricultura no período 1960-1985, quando a economia do Brasil era fechada, apesar da grande participação de alguns produtos (açúcar, algodão, borracha, café, soja e gado) nas exportações agrícolas mundiais. Na segunda parte, a atenção é dirigida à análise do período 1986-2005, quando a economia brasileira já havia iniciado o processo de abertura comercial. A oferta do crédito formal declinou nesse período. Na terceira parte, enfatiza as mudanças de política macroeconômica que influenciaram não apenas o desempenho da política de crédito agrícola, como também o crescimento da economia brasileira. Apresenta as principais conseqüências da abertura comercial do país sobre o setor.
          É a primeira vez que o trabalho é apresentado no Brasil. Uma versão em inglês foi apresentada no Hubert H. Humphrey Institute of Public Affairs da Universidade de Minnesota, por ocasião do Simpósio "Toward a Global Food and Agricultural for an Open International Economy", em homenagem ao Professor G. E. SCHUH, Minneapolis (USA), ocorrido em maio de 2007.
          O professor Paulo Fernando Cidade de Araújo é engenheiro agrônomo e economista, Master of Science pela Ohio State University, dos Estados Unidos,  Doutor e Livre Docente em Economia Rural pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ-USP). Professor titular (aposentado) da ESALQ-USP (1964-2001) e ex-professor visitante da Universidade Estadual do Rio de Janeiro-UERJ (2001-2005), também foi diretor do IEA (1972-1977). Atualmente, é professor e coordenador do Curso de Economia do Centro Universitário Geraldo Di Biase (UGB), de Volta Redonda (RJ).
          A palestra será realizada às 9 horas no auditório do IEA, à Avenida Miguel Stéfano, 3900 – Água Funda – cidade de São Paulo. É destinada a especialistas do agronegócio e estudantes. A inscrição deve ser feita pelo e-mail cct@iea.sp.gov.br.

Data de Publicação: 04/03/2008

Autor(es): José Venâncio De Resende (venancio@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor