IEA promove palestras sobre a bem-sucedida experiência chinesa

            O Instituto de Economia Agrícola (IEA-Apta), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, promove, no dia 16 de agosto às 14 horas, a palestra O desenvolvimento econômico chinês na virada do Século XXI do embaixador aposentado Amaury Porto de Oliveira.
            A exposição do embaixador, que é membro do GACINT-USP, IEEI e Instituto de Estudos Avançados da USP, descreverá as iniciativas chinesas de modernização e abertura econômica da Era Deng Xiaoping (1978) até a entrada do país na OMC no final de 2001. A ênfase recairá na exposição dos elementos centrais das reformas implementadas pelo Estado chinês, buscando consolidar uma economia continental integrada no mercado mundial de produção e consumo. O perfil dos novos governantes chineses, a continuidade do processo de reformas e a crescente presença da China no cenário econômico mundial serão o foco final da exposição.
            Na sequência, o pesquisador Gilmar Masiero vai falar sobre o tema Origens e desenvolvimento das Townships and Villages Enterprises (TVEs). Masiero, que é professor de Administração e Negócios Internacionais da Universidade Estadual de Maringá (UEM-PR) e membro do Grupo de Estudos de Conjuntura Internacional da USP, vai mostrar como a China, seguindo sua própria trajetória de desenvolvimento, obteve um crescimento do PIB per capita médio de 8,1% ao ano (industrial de 11,5%) de 1978 a 2001 e, ainda, se encontra com 70% da população vivendo na zona rural.
            Ele concentrará a atenção em uma das principais causas explicativas daquela forma de desenvolvimento, consideradas por muitos o 'motor do crescimento'. As chamadas Township and Village Enterprises (TVEs) são apresentadas a partir de extensa revisão da literatura recente, descrevendo-se suas principais características relacionadas com a estrutura proprietária e organizacional, produtividade, absorção de grandes contingentes de trabalhadores e contribuição para as exportações chinesas.
            As palestras serão no auditório do IEA, na sede da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, à Avenida Miguel Stéfano, 3900 – Água Funda, São Paulo, Capital. Mais informações podem ser obtidas no Centro de Comunicação e Transferência do Conhecimento (CCTC) do IEA pelos telefones (11) 5067-0531 e 5067-0529.

Data de Publicação: 06/08/2004

Autor(es): José Venâncio De Resende (venancio@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor