Palestra: produção vitícola na França, exemplo de agregação de valor no campo

            O Instituto de Economia Agrícola (IEA-Apta), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, promove, no dia 26 de agosto às 10 horas, a palestra 'Valorização da produção local: tradição ou inovação?', da antropóloga e economista francesa Marie-France Garcia-Parpet. Ela é pesquisadora do Institut National de la Recherche Agronomique (INRA) e da École des Hautes Études en Sciences Sociales, de Paris.
            Segundo Marie-France, a produção vitícola na França constitui um caso exemplar para reflexão sobre a importância da territorialização na agregação de valor dos produtos rurais. A partir do estudo da trajetória de produtores de diferentes regiões da França, a pesquisa procura refletir sobre a valorização dos produtos locais. Também procura mostrar que os neo-rurais - e os indivíduos que por diferentes razões se afastaram durante um tempo de sua região de origem e voltaram mais tarde (por exemplo, para evitar o fracionamento do patrimônio) - tiveram mais êxito na valorização dos vinhos localmente produzidos. A análise mostra ainda que o nível cultural mais elevado, bem como uma familiaridade maior com as exigências da demanda extra-regional, favoreceu o sucesso desses produtores.
            A palestra será no auditório do IEA, na sede da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, que fica na Avenida Miguel Stéfano, 3900 – Água Funda, São Paulo, Capital. Mais informações podem ser obtidas no Centro de Comunicação para a Transferência do Conhecimento (CCTC-IEA), pelo telefone 5067-0529. 

Data de Publicação: 18/08/2004

Autor(es): José Venâncio De Resende (venancio@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor