Futuro do agronegócio café será discutido em Franca (SP)

            O mercado de café no contexto da política econômica do governo federal será o tema de palestra do  pesquisador Celso Vegro, do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA), na noite do dia 22 de maio (segunda-feira), em Franca (SP). A palestra faz parte do 'Encontro Perspectivas para o Agronegócio Café', promovido pela Cooperativa dos Cafeicultores e Agropecuaristas de Franca (COCAPEC), evento que tem o apoio do IEA e da BM&F.
            Na outra palestra, o consultor da Bolsa Brasileira de Mercadorias (BBM), Roberto Ricardo Barbosa Machado, vai falar sobre os 'Novos títulos de comercialização do agronenegócio', como Certificado de Depósito Agropecuário (CDA) e Warrant Agropecuário (WA). A abertura do evento será feita por Mauricio Miarelli, presidente da COCAPEC e do Lançamento do 4o Concurso de Qualidade de Café - COCAPEC Seleção Senhor Café - Alta Mogiana do Conselho Nacional do Café.
            O pesquisador do IEA vai mostrar que os agronegócios foram surpreendidos por variáveis exógenas, que mitigaram a eficiência e o reconhecimento de competitividade do setor. É o caso da taxa de câmbio que atua no sentido de neutralizar os ganhos verificados nas cotações internacionais das commodities agrícolas, como o café. Por isso, novas estratégias de investimentos e de comercialização da safra devem ser elaboradas pelos cafeicultores.
            Já o consultor da BBM, Roberto Machado, vai apresentar os novos títulos (CDA/WA, CDCA, LCA e CRA) como instrumentos para complementar o crédito agrícola com recursos de mercado. Ele lembra que existem mais de R$ 700 bilhões em fundos de investimento e parte desse montante poderia ser destinada ao financiamento do agronegócio.

              

 

Data de Publicação: 18/05/2006

Autor(es): José Venâncio De Resende (venancio@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor