Agronegócio paulista: crescem exportações e saldo comercial em janeiro-julho

            As exportações do agronegócio paulista aumentaram 15,4% nos primeiros sete meses de 2006, para US$ 7,57 bilhões. Como as importações somaram US$ 2,26 bilhões (mais 13,0%), o saldo comercial do setor atingiu US$ 5,31 bilhões, ficando 16,4% maior que o de janeiro a julho de 2005. É o que mostra estudo de pesquisadores do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento.
            As importações paulistas nos demais setores - exclusive o agronegócio – somaram US$ 17,80 bilhões para exportações de US$ 17,10 bilhões, o que gerou déficit externo, desse agregado, de US$ 700 milhões de janeiro a julho  de 2006. Assim, os superávits do comércio exterior paulista continuam a depender do desempenho do agronegócio estadual, uma vez que os resultados comerciais estaduais seriam negativos sem o agronegócio, observam os técnicos do IEA.
            A corrente de comércio do Estado de São Paulo com o exterior somou US$ 44,73 bilhões no período de janeiro a julho, fruto de exportações de US$ 24,67 bilhões (33,1% do total nacional) e de importações de US$ 20,06 bilhões (40,6% do total nacional). O superávit comercial paulista foi de US$ 4,61 bilhões.
            Clique aqui para mais informações.

Data de Publicação: 15/08/2006

Autor(es): José Venâncio De Resende (venancio@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor