APTA abre 382 vagas de pesquisadores científicos

            A Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), vinculada à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, reforça a sua equipe de pesquisadores científicos,  a partir de abril, com a abertura de inscrições para o concurso público de provas e títulos destinado ao provimento de 30 vagas.
            A APTA também já prepara um novo Edital para abertura de mais 352 novas vagas daqui a três semanas, dessa vez dirigidas à pesquisadores iniciantes. Isto representará um incremento total de 60,7% no quadro dos atuais 629 cientistas da APTA.
            De acordo com Edital CPRTI n° 11/2003 (publicado no dia 22 de março no Diário Oficial do Estado de São Paulo), as inscrições para o concurso devem ser realizadas entre os dia 22 e 30 de abril, das 9h00 às 15h00.
Segundo o coordenador da APTA, José Sidnei Gonçalves, as 30 novas vagas serão destinadas a pesquisadores com pelo menos 6 anos de experiência. “Esses pesquisadores serão avaliados de acordo com o seu currículo e irão assumir cargos de liderança científica dentro da APTA”, explica.
            Para o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA), Duarte Nogueira, a contratação de 30 pesquisadores com larga experiência no meio científico é o primeiro passo para a consolidação da equipe de pesquisadores da APTA. “O Governo de São Paulo tem realizado intenso esforço para o fortalecimento da pesquisa e desenvolvimento do agronegócio”, afirma.
            Nogueira destaca o Decreto 47.219 de 15/10/02, que instituiu o Plano de Desenvolvimento e Valorização das Instituições de Pesquisa Científicas e Tecnológicas do Estado de São Paulo, que autorizou a contratação de 382 novos pesquisadores científicos para a APTA.
            Os 382 novos pesquisadores irão atuar em áreas estratégicas definidas pela Secretaria e pelo Governo de São Paulo, como comércio exterior e desenvolvimento regional, entre outros segmentos que visam levar à competitividade dos agronegócios paulistas, gerando emprego e renda no campo. “Só o setor ligado à citricultura terá quatro novos pesquisadores científicos”, afirma Gonçalves. Os 30 pesquisadores experientes, que vencerem o primeiro concurso, irão liderar as equipes formadas com os novos cientistas em início de carreira.
            Os novos contratados irão trabalhar não apenas dentro dos seis institutos de pesquisa ligados à APTA (Instituto Agronômico - IAC, Instituto Biológico - IB, Instituto de Economia Agrícola - IEA, Instituto de Tecnologia de Alimentos - ITAL, Instituto de Pesca - IP e Instituto de Zootecnica - IZ), mas também nos 15 Pólos Regionais de Desenvolvimento Tecnológico, implantados em 2002. “Das 30 vagas abertas para pesquisadores experientes, 10 delas serão destinadas aos Pólos Regionais, que visam fortalecer as cadeias produtivas e o desenvolvimento”, afirma Gonçalves.
            Os editais dos concursos públicos e demais informações sobre o concurso podem ser encontrados no site www.apta.sp.gov.br ou solicitados pelo e-mail apta@apta.sp.gov.br.

Data de Publicação: 26/03/2003

Autor(es): José Venâncio De Resende (venancio@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor