IEA tem 13 trabalhos aprovados para o Congresso da SOBER, em Londrina (PR)

            Chegam a 13 os trabalhos de pesquisadores do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, que serão apresentados no XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, que acontecerá no período de 22 a 25 de julho em Londrina (PR). O tema do Congresso da SOBER deste ano é “Conhecimentos para a agricultura do futuro”.

            Um dos estudos, do pesquisador Eder Pinatti, analisa a influência das variações do dólar comercial e da precipitação pluviométrica nos preços do boi gordo no Estado de São Paulo no período a partir do Plano Real. Em outro trabalho, os pesquisadores Raquel Castellucci Caruso Sachs e Mario Antonio Margarido analisam a volatilidade na série de preços do boi gordo no Estado, concluindo que os retornos são assimétricos (impactos negativos são mais acentuados do que os positivos).

            Já o pesquisador José Sidnei Gonçalves vai apresentar trabalho que mostra como os resultados da pesquisa pública contribuíram para o progresso técnico que sustentou a evolução da cotonicultura meridional, entre as décadas de 1930 e 1990. Ganhos de qualidade e de produtividade, beneficiados por mecanismos regulatórios, tornaram o cultivo de sequeiro do algodão meridional um dos mais avançados do mundo. O trabalho tem co-autoria de Simone Pereira Gonçalves.

            Outro estudo de José Sidnei Gonçalves, em co-autoria com Sheila Pereira Gonçalves e Evaristo Marzabal Neves, avalia os impactos da inovação tecnológica nas lavouras de feijão, no contexto das transformações ocorridas na agropecuária paulista desde o início dos anos 1970. Os resultados da pesquisa pública paulista, após o lançamento do cultivar Carioca em 1969, foram decisivos para o dinamismo tecnológico da cultura, a elevação da produtividade e a conseqüente redução dos preços.

            Por sua vez, a pesquisadora Rosana de Oliveira Pithan e Silva vai apresentar o perfil dos exportadores paulistas da avicultura de corte. O trabalho aborda aspectos como capacidade de exportação, mercados atingidos e entraves para exportar, além de propor políticas para superar dificuldades e buscar maior competitividade.

            E estudo da pesquisadora Marie Anne Najm Chalita analisa as condições sociais que possibilitam a implantação de diferenciados processos de gestão do sistema produtivo e comercial das propriedades de produtores de laranja nos municípios paulistas de Itápolis e Mogi Mirim.

            Trabalho dos pesquisadores Mario Antonio Margarido, Carlos Roberto Ferreira Bueno e Vagner Azarias Martins, bem como de Izabelle Felício Tomaz, mostra que, no longo prazo, variações das cotações internacionais do trigo em grão e da taxa de câmbio são plenamente transmitidas para os preços da farinha de trigo na cidade de São Paulo, validando dessa forma a Lei do Preço Único nesse mercado. Assim, o mercado geográfico relevante para a farinha de trigo na capital paulista consiste no mercado internacional.

            A avaliação da eficiência do sistema estadual de pesquisa agropecuária do Estado de São Paulo, coordenado pela APTA, na geração de inovações é o tema do estudo de José Roberto Vicente e Renata Martins. Foram analisados indicadores de geração e transferência de conhecimento, serviços prestados e captação de recursos. Algumas instituições de pesquisa aparentam ser mais eficientes na prestação de serviços e outras na disponibilidade de produtos.

            Os outros trabalhos aprovados na SOBER são:

            • Análise econômica da produção de soja, município de Guairá, Estado de São Paulo – Andréa Leda Ramos de Oliveira Ojima; Fernando Bergantini Miguel; Ivana Marino Bárbaro; Marcelo Ticelli.
            • Organização e sustentabilidade da agricultura familiar em espaços peri-urbanos: o caso da vitivinicultura de Jundiaí – Malimiria Norico Otani; Nilson Modesto Arraes; Adriana Verdi.
            • Sustentabilidade e o analfabetismo funcional – Ruy Hamilton de Mattos Vaz; Ricardo Ralisch; Francisco Alberto Pino.
            • Avaliação de impactos na gestão em função da adoção da tecnologia de descascamento do café cereja – Celso Luis Rodrigues Vegro; Thomaz Fronzaglia; Alceu Arruda Veiga Filho.
            • Disponibilidade de serviços públicos e pobreza na zona rural do Brasil – José Roberto Vicente.

            Mais informações sobre o XLV Congresso da SOBER podem ser encontradas no site http://www.sober.org.br.

Data de Publicação: 19/07/2007

Autor(es): José Venâncio De Resende (venancio@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor