Nova estimativa de safra aponta aumento na produção de cana para indústria

            A produção paulista de cana para indústria é de 319,6 milhões de toneladas (12,2% superior à da safra 2005/06), de acordo com a última previsão do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) em parceria com a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), vinculados à Secretaria de Agricultura e Abastecimento. O levantamento de campo, realizado no mês de junho, aponta que o aumento da produção é resultado da expansão de 13,5% na área, para 4,8 milhões de hectares.

            A previsão de junho apresenta produção de cana-de-açúcar superior à apontada pelo levantamento anterior (abril), que estimava 307,6 milhões de toneladas (mais 8,8% em relação à safra passada).

            A safra agrícola de laranja deve atingir 352,1 milhões de caixas de 40,8kg (acréscimo de 1,1% em relação à safra 2005/06), com aumento tanto na área (2,0%, para 672,79 mil hectares) quanto na produtividade (1,3%). Já na zona estritamente citrícola (19 regiões do Estado com mais de cinco milhões de caixas), a colheita deve alcançar 332,03 milhões de caixas.

            Tanto a previsão total quanto a da zona citrícola, de junho, são inferiores às estimativas do levantamento anterior (abril), que foram, respectivamente, de 358,6 milhões de caixas e 338,8 milhões de caixas.

            Já a safra de café é estimada em 3,354 milhões de sacas (redução de 29% comparada com a da safra anterior), devido à menor área (queda de 2,0%, para 229,74 mil hectares) e principalmente ao menor rendimento (menos 27,1%). Esta previsão é superior à do levantamento de abril, cuja produção era de 3,2 milhões de sacas (menos 31,4%).

Milho e soja

            O quarto levantamento IEA/CATI apresenta os dados finais das produções de várias culturas na safra 2006/07 no Estado de São Paulo. Para o milho, a produção é de 3,435 milhões de toneladas (queda de 9,9%), basicamente pela menor área (678,88 mil hectares ou redução de 11,3%). Os números repetem na prática o levantamento de abril. Quanto ao milho safrinha, a previsão (ainda parcial) é de menor colheita (808,46 mil toneladas ou queda de 39,9%).

            No caso da soja, a produção final é de 1,237 milhão de toneladas, com redução de 17,9%. No levantamento de abril, o número era um pouco inferior (1,232 milhão de toneladas ou queda de 21,5%).

Clique aqui para ver o levantamento completo.

Data de Publicação: 23/08/2007

Autor(es): José Venâncio De Resende (venancio@iea.sp.gov.br) Consulte outros textos deste autor