Pesquisa de trabalho por autores

A busca resultou em 60 resultados. Exibindo de 1 a 10.
Início ]
Anterior ]
Próximo ]
Último ]
 
1 - Artigo
.Data Publicação: 04/04/2019
.Título: Amendoim: exportações em alta e a importante participação dos municípios paulistas
.Autor: Renata Martins
.Resumo:
  A produção paulista de amendoim há muitas décadas ocupa destaque no cenário nacional ao responder entre 80% e 90% da produção brasileira do grão, e por sua ampla participação nas exportações do amendoim em grão e do óleo de amendoim. Essa liderança construída pela interação entre diferentes atores e organizações envolvendo a produção, beneficiamento, industrialização e comercialização tem como resultado a consolidação da atividade e a expansão dos

.
2 - Artigo
.Data Publicação: 14/09/2018
.Título: Amendoim em grão: Rússia é o principal destino das exportações brasileiras
.Autor: Renata Martins
.Resumo:
Nos últimos cinco anos, de 2013 a 2017, as exportações brasileiras de amendoim em grão e de óleo de amendoim somaram US$1 bilhão1. A expansão das exportações impressa, principalmente para o grão e a partir de 2015, é discutida a seguir, tomando como apoio a coleta e análise de informações sobre as exportações brasileiras de amendoim em grão e de óleo de amendoim. Nos anos de 2015 a 2018, considerando o período de janeiro a julho, tem destaque a ampliação da quanti

.
3 - Artigo
.Data Publicação: 09/03/2018
.Título: Controle Biológico: tecnologias na construção de oportunidades no Brasil
.Autor: Renata Martins
.Resumo:
Os desafios tecnológicos relacionados à sanidade vegetal constantemente criam novos caminhos na busca pela qualidade e produtividade das produções agrícolas, aliadas à conservação e proteção ambiental e ao desenvolvimento socioeconômico. Essa condição construiu trajetórias tecnológicas apoiadas no avanço da indústria da química fina somado aos conhecimentos das ciências agronômicas e na formação de mercado com a participação de empresas, em sua maioria, sediadas na

.
4 - Artigo
.Data Publicação: 05/03/2018
.Título: Amendoim: exportações do grão em expansão
.Autor: Renata Martins
.Resumo:
  A cultura do amendoim, importante na atividade agroindustrial de regiões da Alta Paulista e da Alta Mogiana, tem experimentado conquistas e desafios da sua recente expansão, que coloca o Estado de São Paulo como responsável por mais de 90% da produção nacional. No período de 2007 a 2017 a produção paulista de amendoim cresceu em média 12% ao ano1. Esse crescimento é permeado por retração de safra como as dos anos de 2010 e 2014 e por outras que indicam crescimento co

.
5 - Artigo
.Data Publicação: 14/11/2017
.Título: Biodiesel no Brasil: Capacidades Estatais, P&D e Inovação na Petrobras Biocombustível - Renata Martins Sampaio
.Autor: Renata Martins
.Resumo:

.
6 - Artigo
.Data Publicação: 05/05/2017
.Título: Soja: alta produtividade e tecnologia
.Autor: Marisa Zeferino , Renata Martins
.Resumo:
A evolução da produção de soja no Brasil e nas suas principais regiões produtoras está associada à construção sistêmica de inovações marcada por investimentos em pesquisa, desenvolvimento tecnológico e amplo processo de aprendizado envolvendo tecnologias biológicas, químicas, organizacionais e industriais, dentre tantas outras em meio a condições de mercado favoráveis à expansão que, quando somadas ao clima adequado, resultam em ganhos de produtividade, o indicador aqui

.
7 - Artigo
.Data Publicação: 25/04/2017
.Título: Índice de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista: alta de 3,92% em março de 2017
.Autor: Danton Leonel de Camargo Bini, Eder Pinatti, Ana Victoria Vieira Martins Monteiro, Priscilla Rocha Silva Fagundes, Renata Martins, Waldemar Pires de Camargo Filho
.Resumo:
O Índice de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR)1, 2 (que mede a variação dos preços recebidos pelos produtores paulistas) registrou alta de 3,92% no mês de março/2017 na comparação com o mês de fevereiro/2017. Separados por grupo de produtos, tanto o IqPR-V (grupo de produtos de origem vegetal) quanto o IqPR-A (grupo de produtos de origem animal) encerraram o mês positivamente, com 5,57% e 0,24%, respectivamente. Na tabela 1 são apresentadas as variações do fi

.
8 - Artigo
.Data Publicação: 24/04/2017
.Título: Índice de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista: alta de 3,92% em março de 2017
.Autor: Danton Leonel de Camargo Bini, Eder Pinatti, Ana Victoria Vieira Martins Monteiro, Priscilla Rocha Silva Fagundes, Renata Martins, Waldemar Pires de Camargo Filho
.Resumo:
O Índice de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR)1, 2 (que mede a variação dos preços recebidos pelos produtores paulistas) registrou alta de 3,92% no mês de março/2017 na comparação com o mês de fevereiro/2017. Separados por grupo de produtos, tanto o IqPR-V (grupo de produtos de origem vegetal) quanto o IqPR-A (grupo de produtos de origem animal) encerraram o mês positivamente, com 5,57% e 0,24%, respectivamente. Na tabela 1 são apresentadas as variações do fin

.
9 - Artigo
.Data Publicação: 29/03/2017
.Título: Índice de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista: alta de 1,59% em fevereiro de 2017
.Autor: José Alberto Angelo, Danton Leonel de Camargo Bini, Eder Pinatti, Priscilla Rocha Silva Fagundes, Renata Martins
.Resumo:
O Índice de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR)1, 2 (que mede a variação dos preços recebidos pelos produtores paulistas) registrou alta de 1,59% no mês de fevereiro/2017 na comparação com o mês de janeiro/2017, quando houve queda de 2,49%. Separados por grupo de produtos, tanto o IqPR-V (grupo de produtos de origem vegetal) quanto o IqPR-A (grupo de produtos de origem animal) encerram o mês com altas de 1,40% e 2,00%, respectivamente. Na tabela 1 são apresentada

.
10 - Artigo
.Data Publicação: 29/03/2017
.Título: Índice de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista: alta de 1,59% em fevereiro de 2017
.Autor: José Alberto Angelo, Danton Leonel de Camargo Bini, Eder Pinatti, Priscilla Rocha Silva Fagundes, Renata Martins
.Resumo:
O Índice de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR)1, 2 (que mede a variação dos preços recebidos pelos produtores paulistas) registrou alta de 1,59% no mês de fevereiro/2017 na comparação com o mês de janeiro/2017, quando houve queda de 2,49%. Separados por grupo de produtos, tanto o IqPR-V (grupo de produtos de origem vegetal) quanto o IqPR-A (grupo de produtos de origem animal) encerram o mês com altas de 1,40% e 2,00%, respectivamente. Na tabela 1 são apresentadas

.
 
Início ]
Anterior ]
Próximo ]
Último ]