Pesquisa de trabalho por autores

A busca resultou em 275 resultados. Exibindo de 1 a 10.
Início ]
Anterior ]
Próximo ]
Último ]
 
1 - Artigo
.Data Publicação: 03/10/2017
.Título: Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro de Janeiro a Agosto de 2017
.Autor: Marli Dias Mascarenhas Oliveira, José Roberto Vicente
.Resumo:
De janeiro a agosto de 2017, as exportações do Estado de São Paulo1 somaram US$33,54 bilhões (23,0% do total nacional), e as importações2, US$35,67 bilhões (36,5% do total nacional), registrando um deficit de US$2,13 bilhões. Em relação ao período de janeiro a agosto de 2016, o valor das exportações paulistas aumentou 10,5%, e o das importações, 4,8%, reduzindo o deficit comercial (queda de 42,0%) (Figura 1). Comparando-se janeiro a agosto de 2017 com o mesmo período de 20

.
2 - Artigo
.Data Publicação: 27/09/2017
.Título: Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro de Janeiro a Julho de 2017
.Autor: Marli Dias Mascarenhas Oliveira, José Roberto Vicente
.Resumo:
  De janeiro a julho de 2017, as exportações do Estado de São Paulo1 somaram US$28,99 bilhões (22,9% do total nacional), e as importações2, US$30,50 bilhões (36,3% do total nacional), registrando um deficit de US$1,51 bilhão. Em relação ao período de janeiro a julho de 2016, o valor das exportações paulistas aumentou 11,6% e o das importações 4,8%, reduzindo a pouco menos da metade o deficit comercial (queda de 51,9%) (Figura 1). Comparando-se janeiro a julho de

.
3 - Artigo
.Data Publicação: 21/07/2017
.Título: Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro do Primeiro Semestre de 2017
.Autor: José Roberto Vicente
.Resumo:
No primeiro semestre de 2017, as exportações1 do Estado de São Paulo somaram US$24,64 bilhões (22,9% do total nacional), e as importações2 US$25,82 bilhões (36,1% do total nacional), registrando deficit de US$1,18 bilhão. Em relação ao primeiro semestre do ano de 2016, o valor das exportações paulistas cresceu 11,3%, e o das importações 4,0%, reduzindo em 56,0% o deficit comercial (Figura 1). O aumento nas exportações paulistas (+11,3%), comparando-se os primeiros seis me

.
4 - Artigo
.Data Publicação: 26/06/2017
.Título: Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro de Janeiro a Maio de 2017
.Autor: José Roberto Vicente
.Resumo:
De janeiro a maio de 2017, as exportações do Estado de São Paulo1 somaram US$19,94 bilhões (22,7% do total nacional), e as importações2 US$21,18 bilhões (36,0% do total nacional), registrando um deficit de US$1,24 bilhão. Em relação ao período de janeiro a maio de 2016, o valor das exportações paulistas aumentou 11,7% e o das importações 4,4%, reduzindo à metade o deficit comercial (queda de 49,2%) (Figura 1). Comparando-se janeiro a maio de 2017 com o mesmo período de 201

.
5 - Artigo
.Data Publicação: 26/06/2017
.Título: Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro de Janeiro a Maio de 2017
.Autor: José Roberto Vicente
.Resumo:
De janeiro a maio de 2017, as exportações do Estado de São Paulo1 somaram US$19,94 bilhões (22,7% do total nacional), e as importações2 US$21,18 bilhões (36,0% do total nacional), registrando um deficit de US$1,24 bilhão. Em relação ao período de janeiro a maio de 2016, o valor das exportações paulistas aumentou 11,7% e o das importações 4,4%, reduzindo à metade o deficit comercial (queda de 49,2%) (Figura 1). Comparando-se janeiro a maio de 201

.
6 - Artigo
.Data Publicação: 17/05/2017
.Título: Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Primeiro Quadrimestre de 2017
.Autor: José Roberto Vicente
.Resumo:
No primeiro quadrimestre de 2017 as exportações do Estado de São Paulo1 somaram US$15,43 bilhões (22,6% do total nacional) e as importações2, US$16,69 bilhões (35,7% do total nacional), registrando um deficit de US$1,26 bilhão. Em relação ao primeiro quadrimestre de 2016, o valor das exportações paulistas aumentou 9,8% e o das importações 3,2%, ocasionando queda no deficit comercial (-40,6%) (Figura 1). Comparando-se o primeiro quadrimestre de 2017 com o mesmo período de 201

.
7 - Artigo
.Data Publicação: 17/05/2017
.Título: Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Primeiro Quadrimestre de 2017
.Autor: José Roberto Vicente
.Resumo:
No primeiro quadrimestre de 2017 as exportações do Estado de São Paulo1 somaram US$15,43 bilhões (22,6% do total nacional) e as importações2, US$16,69 bilhões (35,7% do total nacional), registrando um deficit de US$1,26 bilhão. Em relação ao primeiro quadrimestre de 2016, o valor das exportações paulistas aumentou 9,8% e o das importações 3,2%, ocasionando queda no deficit comercial(-40,6%) (Figura 1). Comparando-se o primeiro quadrimestre de 2017

.
8 - Artigo
.Data Publicação: 20/04/2017
.Título: Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Primeiro Trimestre de 2017
.Autor: José Roberto Vicente
.Resumo:
No primeiro trimestre de 2017, as exportações1 do Estado de São Paulo somaram US$11,15 bilhões (22,1% do total nacional), e as importações2 US$12,82 bilhões (35,6% do total nacional), registrando deficit de US$1,67 bilhão. Em relação ao primeiro trimestre do ano de 2016, o valor das exportações paulistas cresceu 6,0% e o das importações 5,4%, aumentando em 2,0% o deficit comercial (Figura 1). O incremento nas exportações paulistas (+6,0%), comparando-se os primeiros três

.
9 - Artigo
.Data Publicação: 20/04/2017
.Título: Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Primeiro Trimestre de 2017
.Autor: José Roberto Vicente
.Resumo:
No primeiro trimestre de 2017, as exportações1 do Estado de São Paulo somaram US$11,15 bilhões (22,1% do total nacional), e as importações2US$12,82 bilhões (35,6% do total nacional), registrando deficit de US$1,67 bilhão. Em relação ao primeiro trimestre do ano de 2016, o valor das exportações paulistas cresceu 6,0% e o das importações 5,4%, aumentando em 2,0% o deficit comercial (Figura 1). O incremento nas exportações paulistas (+6,0%), comparando-

.
10 - Artigo
.Data Publicação: 28/03/2017
.Título: Fruticultura e o “Velho Chico“
.Autor: Antonio Ambrósio Amaro, José Roberto Vicente
.Resumo:
O Brasil é um dos cinco países maiores produtores de frutas frescas no mundo, apresenta clima favorável à produção de diversas espécies e variedades, dentre as quais a manga é um exemplo, com significativos índices de exportação. É notório que a inserção no mercado internacional foi promovida pelo aumento da produtividade agrícola e da competitividade do setor, diante de um cenário que aparece cada vez mais exigente em termos de preços e condições fitossanitárias da

.
 
Início ]
Anterior ]
Próximo ]
Último ]